Morada: Vales de Vimioso +351 273 511 254

Archive by Category "Noticias"

Dia da Mulher em Vimioso

Comemorações do Dia da Mulher, em Vimioso. Não deixe de participar!

Espetáculo “Amália, Fado e Saudade”
Partilhe este conteúdo!
Ler mais

Festival de Entrudo – Santulhão 2020

Decorre, entre os dias 22 e 25 de Fevereiro, o Festival de Entrudo em Santulhão, concelho de Vimioso.

Não perca a oportunidade de vivenciar um carnaval genuíno! Participe!

 

Partilhe este conteúdo!
Ler mais

Festival de Música Tradicional e Celta

Já tem planos para dia 14 de agosto?

Em Santulhão decorre a XIX edição do Festival de Música Tradicional e Celta “Já chegaram os gaiteiros”.

Uma proposta a não perder!

mais informações: https://www.facebook.com/gras.santulhao

Partilhe este conteúdo!
Ler mais

Saída de campo: Observação e Identificação de Borboletas diurnas

As borboletas, para além de enriquecerem a paisagem e nos maravilharem com um espetáculo colorido a pulular entre as flores, prestam-nos serviços consideráveis pois tal como as abelhas são insectos polinizadores. Esta saída de campo tem lugar na excelência do território da Rede Natura 2000 e pretende lançar as bases na identificação das espécies mais comuns de borboletas diurnas, sensibilizando para a importância da sua conservação.

Data: 24 de Agosto de 2019

Local: Serapicos – Vimioso (largo principal, junto ao café da associação)

 

Programa:

09:30 – Encontro de participantes

09:45 – Breve introdução aos lepidópteros (borboletas)

10:00 – Início do percurso para observação de borboletas diurnas

12:00 – Fim da actividade

 

A participação é gratuita mas a inscrição é obrigatória.

Vagas preenchidas. Inscrições encerradas

Partilhe este conteúdo!
Ler mais

Saída de campo: Observação e Identificação de Borboletas diurnas

As borboletas, para além de enriquecerem a paisagem e nos maravilharem com um espetáculo colorido a pulular entre as flores, prestam-nos serviços consideráveis pois tal como as abelhas são insectos polinizadores. Esta saída de campo tem lugar na excelência do território da Rede Natura 2000 e pretende lançar as bases na identificação das espécies mais comuns de borboletas diurnas, sensibilizando para a importância da sua conservação.

Data: 13 de Julho de 2019

Local: S. Joanico (largo principal, junto ao café)

 

Programa:

09:30 – Encontro de participantes

09:45 – Breve introdução aos lepidópteros (borboletas)

10:00 – Início do percurso para observação de borboletas diurnas

12:00 – Fim da actividade

 

A participação é gratuita mas a inscrição é obrigatória.

Inscrição aqui

Partilhe este conteúdo!
Ler mais

Formação: A arte de contar histórias e a educação

A arte de contar histórias e a educação

“Não se pede ao contador um pedaço da vida do dia-a-dia, mas um grande pedaço de sonho…como se nós estivéssemos lá.” Henri Verneuil

As histórias assim vividas permitem o desenvolvimento de várias competências nos nossos alunos, filhos, no nosso público. Para além de poderem ser um veículo de conteúdos e aprendizagens concretas, as histórias permitem o sonho, desenvolvem a criatividade, colocam-nos no lugar do outro e ao mesmo tempo permitem que nos conheçamos melhor e que aprendamos a reagir em diferentes situações. São um momento vivido de forma intensa individualmente e em grupo.

Mas como tornar uma história contada um pedaço de sonho?

 

PROGRAMA

Dia 25 de Maio (Sábado)

14:00h- Uma história para ti. (formadora)

14:30h- Conta-me uma história!

– Como preparar uma história;

– Como preparar uma sessão de histórias.

15:30h- Dinâmicas individuais e de grupo: a voz, a expressão facial e corporal, a improvisação.

17:00h- Fim

Dia 26 de Maio (Domingo)

10:00h- Finalização da preparação das apresentações (individualmente);

11:00h- Uma história para ti. (formandos)

13:00h- Fim.

 

Destinatários: Professores e educadores de todos os níveis de ensino, formadores, contadores de histórias, público no geral com idade superior a 16 anos.

INSCRIÇÕES GRATUITAS, mas obrigatórias. Inscreva-se aqui

Nº mínimo de participantes: 8

Nº máximo de participantes: 12

Os participantes devem trazer uma pequena história (página A4) que gostem muito e que queiram contar.

 

Alexandra Vaz, professora de Biologia e Geologia, pós graduada em Gestão e Administração Escolar e Educacional e mestre em Biologia. Para além do ensino foi coordenadora do serviço educativo do Museu, da Máscara e do Traje e professora destacada no Centro de Ciência Viva de Bragança onde atualmente integra a equipa de coordenação do projeto Escola Ciência Viva. Desde 1993 que faz parte do grupo de teatro amador TEB, tendo participado como atriz em muitas produções no âmbito do teatro e das artes performativas. Desde 2008 que se tem especializado na arte de contar histórias no âmbito da qual criou e tem vindo a desenvolver o projeto Faz de Conto.

Partilhe este conteúdo!
Ler mais