Morada: Vales de Vimioso +351 273 511 254

Tradições

Conhecer as lãs Portuguesas – Oficina prática

Orientação: Alice Bernando – Saber-Fazer

Apresentação

Portugal é um país pequeno, mas com uma extraordinária diversidade no que diz respeito às lãs produzidas pelas suas raças autóctones, algo desconhecido até para os apaixonados pelas fibras têxteis. As lãs portuguesas atravessam um momento difícil de desvalorização, tornando-se por isso urgente o trabalho de recuperação e divulgação desta matéria-prima, cuja produção tira partido dos recursos locais e apoia a conservação da diversidade genética de raças únicas no mundo.

Nesta oficina única,  vocacionada para quem quer iniciar ou aprofundar o seu conhecimento sobre a Lã e, mais especificamente,  sobre as lãs portuguesas, exploraremos o trabalho pioneiro realizado pelo Saber Fazer que reuniu e processou pela primeira vez todas as lãs provenientes das raças autóctones e a informação que nos vai dar a conhecer o tipo de lã que cada uma produz e qual o seu potencial na utilização têxtil.
Iremos também analisar a Lã e aprender detalhadamente sobre todo o processamento da fibra, desde o velo em bruto até ao fio.

Programa

Sábado – 26 de Janeiro – 14:00h – 17:30h

-Conhecer as 16 Raças Autóctones de Ovinos e respectiva lã, com apresentação de amostras em bruto e processadas de todas as raças;
-Aprender sobre a Tosquia, a desbordagem e o armazenamento dos velos;
-Conhecer e avaliar a lã em bruto: o velo, as madeixas e as características da fibra da lã;

Domingo – 27 de Janeiro – 10:00h – 13:30h

– A tosquia, um passo essencial para a obtenção de fibras de qualidade;
– A lã em bruto: aprender a avaliar o velo e as fibras da lã;
– Lavagem da lã;
– Métodos de preparação das fibras para a fiação: penteação e cardação;
– Breve introdução à fiação com fuso e roda;

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Inscrições GRATUITAS, mas obrigatórias!

Partilhe este conteúdo!
Ler mais

Oficinas de saber-fazer: Cestaria com vime

A cestaria é uma atividade artesanal essencialmente utilitária que ainda tem bastante expressão em algumas aldeias da Terra Fria Transmontana. Muitos dos objectos e utensílios produzidos satisfazem as exigências de várias actividades em meio rural e dão resposta a necessidades da vida doméstica.

Nesta oficina pretende-se dar a conhecer o processo tradicional de executar cestaria em vime, promovendo um ofício bastante relacionado com o quotidiano das comunidades rurais.

Local: Parque Ibérico de Natureza e Aventura (PINTA) – Estrada das Três Marras, cruzamento para S. Joanico, Vimioso

18 de Agosto 2018

Programa:

14:30 – Encontro de participantes no PINTA.

15:00 – Preparação do material vegetal e iniciação à técnica de cestaria com vime.

17:30 – Fim dos trabalhos.

Formador: Ema Vila Chã

Ficha de inscrição

Partilhe este conteúdo!
Ler mais

Oficinas de Saber-fazer: Cestaria – Escrinhos

A cestaria é uma atividade artesanal que ainda tem muita expressão em algumas aldeias da Terra Fria Transmontana, sendo um ofício bastante relacionado com o dia-a-dia das comunidades rurais.

Na aldeia de Vilar Seco, concelho de Vimioso, ainda se recorre a uma técnica que dá nome a um tipo de cesto, o Escrinho. Feitos com palha de centeio e casca de silva, estes cestos eram usados para guardar cereais, farelos, levedar a massa do pão e para conservar outros alimentos.

Nesta oficina pretende-se divulgar e valorizar o património rural e o saber-fazer das gentes que habitam este concelho.

 

Programa

14:30 – 17:30

– Breve explicação da técnica de escrinho

– Preparação do material

– Experimentação da técnica por parte dos participantes

 

A participação é gratuita mas a inscrição é obrigatória.

Inscrição

Partilhe este conteúdo!
Ler mais